MALUZILMA

MALUZILMA

segunda-feira, 9 de abril de 2012

GILSON LOPES DA SILVA





Escrevo hoje pra quem já foi, pra quem já partiu e, pelo menos nesta vida, não volta mais.
Escrevo pra quem deixou saudades, fez amigos, contou histórias, fez história, enfim, pra quem viveu, e embora hoje seja passado, está mais vivo do que muita gente que anda por aí.
Escrevo pra quem já foi embora, mas que de minha mente não sairá jamais, porque nela se eternizou, de repente, você se foi assim, sem me avisar... 
Dois  anos se passaram e fica a saudade ... 

Fica a lembrança do sorriso,
Ficam quartos desocupados
e histórias separadas,

Fica tudo,
Fica nada,
Fica tudo e nada e mais alguma coisa,
Fica a dor do adeus,
A lágrima depois da despedida,
A temerária constatação de que nada será como antes,

Nenhum comentário: